Um desabafo ou um desafio: observem as propagandas!

fiat2

[Cecília Troiano]

Esse post é um desabafo ou talvez seja um desafio para todas nós. Há tempos, por que gosto e também por razões profissionais, venho observando as propagandas de empresas dirigidas às mulheres. O que tenho observado é um conjunto muito ruim de propagandas voltadas para as mulheres. Umas são extremamente preconceituosas, outras colocam a mulher num papel ridículo, e ainda outras, tentando ser moderninhas, colocam mulheres disputando espaços profissionais com os homens. Ou seja, parece-me que muitas campanhas pararam no tempo: ainda estão na fase das mulheres ficarem nessas disputinhas corporativas. Será que não é possível fazer alguma propaganda mais inteligente? Recentemente vi um filme publicitário na TV que me chamou a atenção. Em princípio, até achei engraçadinho e divertido. Mas, olhando com mais calma, vi que era mais um que usava desse mesmo recurso das disputas entre “meninos e meninas” por posições de destaque nas empresas. Talvez algumas de vocês também tenham visto: é o filme do Ford Fusion, em que um homem e uma mulher ficam numa mesa de reuniões imaginando como seria a vida deles daqui há 5 anos. O filme mostra, de forma inusitada, que ele no futuro terá um belo carro e a companhia dela no banco ao lado. Ela imagina-se no mesmo carro mas tendo ele como motorista dela e ela, bem confortável, sentada no banco de trás. Claramente um jogo de braço de ferro, da lei do mais poderoso.

Fica o desabafo e nosso desafio: alguém se lembra de um exemplo positivo para dividir conosco?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s